quinta-feira, 23 maio 2024
UMUARAMA/PR

Cravinhos revela verdadeiro motivo para assassinato dos pais de Suzane

Cravinhos revela verdadeiro motivo para assassinato dos pais de Suzane

Daniel Cravinhos voltou ao foco após tentar contato, por meio de uma carta, com Andreas, irmão de Suzane von Richthofen

Daniel Cravinhos, condenado a 39 anos de prisão pelo assassinato de Manfred e Marisia von Richthofen, pais de Suzane von Richthofen, voltou ao foco após a coluna True Crime, do jornal O Globo, divulgar uma carta do assassino a Andreas von Richthofen, irmão de Suzane e órfão de pai e mãe.

Agora, o jornalista Ullisses Campbell divulgou uma entrevista com Cravinhos, onde ele fala sobre o assassinato do casal, sua vida após a prisão, sua relação com Suzane e o motivo do contato com Andreas.

Leia, na íntegra, carta que Daniel Cravinhos enviou a irmão de Suzane

Em certo momento, Cravinhos é questionado sobre o que o motivou a cometer o assassinato. Alegando não poder “apontar um único motivo”, Daniel disse:

“Eu era tão idiota e imaturo na época que não tinha uma razão específica. Posso dizer que falhei não só com as vítimas, mas também com Andreas, com minha família e comigo mesmo. Se eu fosse homem e não um moleque, teria resolvido meus conflitos de outra forma.”

Em relação à teoria de que ele e Suzane planejaram o assassinato dos pais por serem contra o namoro dos dois, Daniel deixou claro: “Isso é a maior bobagem que poderíamos apontar como motivação.”

“As razões são um conjunto de fatores que incluem paixão, possessão, irresponsabilidade, impulsividade, descontrole, inconsequência, raiva, imaturidade e cegueira. Suzane mentiu, dizendo que o pai dela deu apenas um tapa em seu rosto. A verdade é que ela sofreu uma série de agressões em casa. Não estou justificando o crime, apenas relatando um fato que testemunhei para responder melhor à sua pergunta”, alegou.

Depois de tanto tempo, não é mais possível sustentar essa ideia [de que fui manipulado]. Não vou minimizar o que fiz. Muito menos serei um canalha e jogarei a culpa toda para cima dela [Suzane]
Daniel Cravinhos

“Não sou oportunista para, nesse estágio da vida, tirar o meu corpo fora para diminuir as minhas responsabilidades. Meu maior dilema é justamente esse: como fiz algo tão terrível sem ter sido forçado por ninguém?”, finalizou.

Assassinato dos von Richthofen

Em 2002, o casal Manfred Albert von Richthofen e Marísia von Richthofen, foram assassinados pelos irmãos Daniel e Cristian Cravinhos, a mando da filha, Suzane von Richthofen. Suzane, Daniel e Cristian planejaram um plano para simular um latrocínio e assassinar o casal Richthofen, assim os três poderiam dividir a herança de Suzane.

Suzane foi condenada a 39 anos e seis meses de prisão em regime fechado, mesma pena aplicada a Daniel Cravinhos. Cristian Cravinhos pegou 38 anos e seis meses de reclusão.

Captura de tela 2024 04 17 151204

 

Participe do grupo de WhatsApp e receba todas as notícias em primeira mão. Clique aqui

Mais lidas

Calor extremo tem data para acabar no Paraná; Umuarama deve ter mínima de 18ºC

A semana começou com previsão de chuva em várias regiões do país, bem como em...

Caminhoneiro de Umuarama morre em colisão na PR-323, entre Tapejara e Cruzeiro do Oeste

Um grave acidente registrado no início da tarde desta segunda-feira (25),na rodovia PR-323, nas proximidades...

Criança de 11 anos morre ao bater bicicleta em árvore

Uma tragédia foi registrada na manhã desta segunda-feira (19), em Mandaguaçu, cidade a 165 km...

Notícias Relacionadas